Lavar o frango é um dos piores erros de cozinha que você aprendeu: entenda

lavar-frango-pior-erro-contaminacao

Você já ouviu falar em contaminação cruzada? É quando microorganismos causadores de doenças presentes em alimentos crus como carnes e vegetais não lavados, eventualmente, são transferidos aos alimentos prontos ou já cozidos. A carne de frango é um alimento extremamente rico em proteínas, vitaminas, sais minerais e umidade. Essas características tornam a carne propícia para o desenvolvimento de microrganismos, caso não seja conservada adequadamente e manipulada em condições ideais de limpeza.

 

Quando a água corrente toca o frango, tem chance de espirrar na pia e na bancada. Ao colocar outros alimentos sobre essas superfícies, ocorre o que chamamos de contaminação cruzada. Ou seja, o ato de lavar o frango espalha as bactérias pela cozinha, contaminando o ambiente. Uma pesquisa mostrou que 90% das donas de casa e cozinheiros americanos costumam lavar o frango antes de cozinhá-lo.

É importante lembrar que a bactéria presente no frango cru, será eliminada ao cozinhar. Porém, na pia, não. Ela pode ser facilmente transferida para louças limpas que estão próximas e outros alimentos a espera de processamento. O assunto é tão sério que fez duas universidades dos Estados Unidos lançarem a campanha “não lave seu frango”.

A carne de frango crua pode conter duas bactérias bem comuns: a salmonela e a campylobacter, que podem causar desde diarreia até o desenvolvimento de uma doença autoimune.

Dica de higiene:
Sempre que mexer com qualquer produto cru (vegetais, carnes de boi, frango ou peixe), tire tudo que está limpo ou pronto para comer de perto. Depois de manusear com alimentos que têm risco de contaminação, não precisa higienizar a pia e utensílios com cloro, basta lavar com água quente ou jogar água quente em cima.

fonte:http://www.bolsademulher.com/casa/lavar-o-frango-e-um-dos-piores-erros-de-cozinha-que-voce-aprendeu-entenda