Como cozinhar o feijão perfeito: dicas para deixá-lo delicioso!

Esse grão delicioso é um dos preferidos dos brasileiros e não pode faltar à mesa. Saiba como cozinhar o feijão perfeito com essas dicas!

Foto: Bruno Carvalho | Produção: Márcia Asnis

Thamires Motta 9 de Abril, 2018

Prato tradicional nas mesas brasileiras, é difícil resistir a um feijão quentinho, cheiroso e bem temperado, né? Quando começa a cozinhar, seu cheirinho característico pode ser sentido no quarteirão inteiro, e é uma das receitas preferidas da população! Mas é comum que as pessoas  errem a mão na hora de cozinhar esse prato, isso quando não surge aquele medinho de usar a panela de pressão. Com essas dicas vai ficar mais fácil aprender  como cozinhar o feijão perfeito! Saiba como deixar esse grão ainda mais delicioso:

Como cozinhar o feijão perfeito: dicas para deixá-lo delicioso!

REMOLHO

Uma das principais dicas para deixar o feijão mais gostoso e macio é fazer o processo de remolho. A ideia é colocar o feijão na água por pelo menos 12 horas, para deixar os grãos mais molinhos e eliminar toxinas, como aquelas que causam gases. A dica é deixar o feijão na água antes de dormir e retirá-lo no dia seguinte, de manhã. Mas é preciso trocar a água pelo menos uma vez durante o período.

Deixar o feijão de molho ajuda o processo de cozimento a ser mais rápido, já que amolece os grãos. Mas se você esqueceu de fazer esse processo, pode investir em outra dica: deixe por 60 minutos de molho, colocando água fervente. Isso é o suficiente para ajudar o alimento a ficar mais gostoso

COZIMENTO

Na hora de cozinhar, invista em temperos clássicos que combinam com o feijão e deixam a receita mais saborosa, como folhas de louro, cebola, alho e pimenta-do-reino.

De acordo com Rita Lobo, no programa ‘Cozinha Prática’, o ideal é  colocar o feijão na panela de pressão, cobrir com água e já incluir as folhas de louro. Depois, tampe a panela, leve ao fogo médio e espere a válvula apitar, contando a partir daí dez minutos de cozimento. Em outra panela, refogue o alho e a cebola com azeite, e depois vá acrescentando o feijão cozido, com um pouco de caldo, amassando os grãos com o fundo da concha. Essa dica serve para engrossar o caldo. Deixe cozinhar em fogo baixo e vá mexendo para o feijão não grudar no fundo da panela, até atingir a consistência de sua preferência.

FOTO: Stela Handa | PRODUÇÃO: Stela Handa/Maria Lúcia Blandino

ENGROSSAR O CALDO

Outra dica para quem quer deixar o feijão com o caldinho mais grosso é usar o  liquidificador. Usando a panela de pressão com o feijão cozido, você pode retirar pequenas porções e bater no liquidificador, devolvendo à panela onde está sendo feito o tempero.

TEMPERO

Na hora de temperar, vale a pena investir nas especiarias que você mais gosta, como louro, manjericão, coentro, cominho e cheiro-verde. Mas uma dica é deixar o sal apenar para o final do processo, quando o feijão já estiver sendo depurado em fogo baixo. Assim, se você errar a mão, fica mais fácil corrigir o gosto, adicionando mais água.

LEGUMES

Para deixar a receita mais nutritiva, muita gente investe em  legumes e verduras misturadas com o feijão. Basta incluí-las na hora de temperar os grãos, refogando junto com o tempero. A dica é investir em opções como cenoura, beterraba, espinafre, inhame, batata e quiabo.

TIPOS DE FEIJÃO

Existem diversos tipos de feijão, como o branco, preto, fradinho, carioquinha, roxinho, rosinha e vermelho. Os mais usados no dia a dia são o preto e o carioquinha, mas na hora de fazê-los, é importante ficar atenta para o tempo de cozimento de cada um. O carioquinha, por exemplo, é bem mais rápido e rende um caldo mais cremoso.  Conheça mais tipos de feijão a seguir:

FEIJÃO AZUKI – Um pouco menor que o feijão comum, ele possui sementes e grãos, além de um formato arredondado e cor vermelha-escura. Seu sabor é levemente adocicado e é muito usado na culinária asiática – Foto: Reprodução/GettyImages