Polícia avisa pais sobre alucinogéno que se parece com doces de crianças

Nenhum pai quer ver os filhos sofrendo, e a preocupação e a angústia estão sempre presentes na vida de quem tem crianças. Infelizmente, é impossível protegermos os mais novos de todos os perigos, mas podemos ensiná-los a fazer a coisa certa e ficar longe de problemas. Por isso, precisamos avisar os nossos filhos sobre estes novos alucinogénos, que parecem doces de crianças e estão ficando populares entre os traficantes.

Facebook – Hapeville Police Department

As advertências vêm da Departamento de Polícia de Hapeville, Geórgia, Estados Unidos. Nesta sexta-feira, dia 21 de setembro, a polícia confrontou um suspeito e fez a descoberta terrível.

Estupefacientes semelhantes a doces de crianças

A polícia encontrou alucinogénos, dinheiro e até armas na bolsa do homem. Mas o mais dramático é que os estupefacientes pareciam doces para crianças. Entre outras coisas, os oficiais encontraram “pirulitos” que continham cannabis, e pílulas com cocaína, que pareciam doces para crianças pequenas.

As pílulas e os “pirulitos” parecem doces e têm formas variadas. Mínimos, Hello Kity e até de personagens dos Simpsons estão estampados nessas drogas. Todos os pais, professores e treinadores devem alertar os mais jovens sobre esses perigos, informa o policial Jason Dyer, em um comunicado no Facebook.

Facebook – Hapeville Police Department

Hoje em dia, é cada vez mais fácil ter acesso a alucinogénos, por isso devemos estar muito atentos a essas advertências. Pais, aconselhem os vossos filhos a serem cautelosos, e terem cuidado com os doces que comem ou que os outros oferecem.

Não é a primeira vez que a polícia americana encontra estas substâncias disfarçadas de doces. Em maio, a polícia de Marietta descobriu um homem que vendia ursinhos de goma com estupefacientes.

Facebook – Hapeville Police Department

“Foi um choque porque eu pensei que eram verdadeiros doces, mas eles estavam em um pacote diferente. Você tem que estar vigilante,” diz a policial Ernia Bell.

Compartilhe este aviso para que os pais possam alertar as crianças e jovens.

Fonte: Newsner