Conserva de alho caseira: é deliciosa, limpa as artérias e não deixa hálito ruim

Muita gente não gosta do sabor forte do alho.
E até dá para entender isso, pois de fato não é muito agradável ficar com hálito com cheiro de alho.
A conserva de alho, porém, não tem esse problema.
Graças ao processo de fermentação, ela tem um sabor muito suave.
Por isso esta conserva é uma das melhores opções para quem quer se beneficiar das propriedades medicinais do alho – que são muitas – sem ficar com nenhum aroma ruim na boca.
E, por falar das propriedades medicinais do alho, que tal relembrá-las?
Pra começar, o alho é um potente antibiótico natural.
Ele é rico em vitaminas do complexo B e sais minerais antioxidantes, como zinco e selênio e, por isso, é um excelente remédio para gripes e resfriados.
O alho ainda regula a pressão arterial e reduz o nível de colesterol no sangue, prevenindo aterosclerose e doenças cardiovasculares.
E tem mais: o alho:
– estimula a secreção de insulina pelo pâncreas, reduzindo a glicose no sangue

–é um forte antioxidante, o que o torna um alimento anticâncer
– reduz o risco de infarto e doenças do coração
– combate bactérias e vírus
– elimina vermes e parasitas
–fortalece a imunidade
A conserva de alho é uma receita muito simples.
Aprenda agora a fazê-la:
INGREDIENTES
Meio quilo de alho descascado
Meio copo (americano) de vinho branco seco
Meio copo (americano) de água
Meio litro de vinagre branco
2 folhas de louro
1 colher (sopa) de orégano
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
6 grãos de pimenta-do-reino
1 colher (sopa) de sal
MODO DE PREPARO
Comece levando ao fogo o vinho, o vinagre, a água, o azeite, o orégano, o sal, as folhas de louro e os grãos de pimenta-do-reino.
Deixe cozinhar até levantar fervura.
Acrescente o alho descascado.
(Para descascar o alho com mais facilidade, deixe-o de molho em água fria por uma hora.)
Cozinhe por mais três minutos.
Desligue o fogo e deixe esfriar.
Coloque em vidros de conserva bem esterilizados.
Quando esfriar, agite os vidros e guarde-os na geladeira.

anúncios

Depois de cinco dias, a conserva estará pronta para consumo.
Sugestão de consumo: em saladas, sanduíches, como um aperitivo ou como sua imaginação mandar.
Este blog de notícias sobre tratamentos naturais não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.