Sentir dor nos seios é normal? Veja em quais casos você precisa se preocupar

            <div id="HOTWordsTxt">

Sentir dor nos seios no período menstrual é algo comum à maioria das mulheres, elas já estão habituadas à maior sensibilidade que os seios adquirem neste período do mês. Entretanto, é preciso ficar atenta à mastalgia não cíclica, que é a dor nos seios que não está relacionada à menstruação, que pode acometer uma ou as duas mamas e merece atenção.

Dor nos seios – em quais casos não é normal sentir essa sensibilidade?

Lesão muscular

Quando tomamos um esbarrão e sentimos dor nos seios ou causamos uma pequena lesão durante uma atividade física, o nosso músculo pode ficar inchado. Esse inchaço deve passar em poucos dias, mas se estiver muito forte ou persistir, o mais indicado é procurar um médico.

Reposição hormonal ou pílula anticoncepcional

Esses dois tratamentos envolvem o consumo de hormônios que podem provocar a hipersensibilidade dos seios. É possível trocar de medicamento ou alterar doses para que você não sinta dor nos seios, converse com o seu médico.

Puberdade

Quando a menina atinge a puberdade, os seios começam a se desenvolver, deixando as mamas mais sensíveis. Isso pode acarretar dor, mas é algo normal. Se a dor for intensa, procure um ginecologista.

Mastite

A mastite é uma inflamação das glândulas mamárias muito comum em mulheres que estão amamentando, mas que pode acometer qualquer mulher. Se sentir desconforto ou dor nos seios fora do período menstrual e não sofreu nenhuma lesão, pode ser mastite. Informe o seu médico.

Uso de remédios que causam dor nos seios

Alguns remédios deixam os seios hipersensíveis podendo provocar dor, como remédios para insuficiência cardíaca, alguns hipertensivos, alguns diuréticos, o anabolizante Anadrol e a clorpromazina, um antipsicótico. Se você iniciou o uso de algum remédio como esses e tem sentido dor nos seios, informe ao seu médico.

Ectasia ductal

Esse problema acontece quando os ductos mamários responsáveis pelo transporte do leite ficam anormalmente dilatados, o que causa inflamação e dor.