Chá de alcachofra: reduz o colesterol, melhora a saúde do fígado e a digestão

Apesar de não ser tão popular, o chá de alcachofra contém propriedades significativas e benéficas para o organismo.

A alcachofra, além de ser um alimento nutritivo que pode fazer parte de várias receitas na culinária,  possui inúmeras propriedades medicinais.

A planta é fonte de vitaminas A, B2, C, minerais como cálcio, cobre, enxofre, ferro, fósforo, iodo, magnésio, potássio,  sódio e zinco, além de fibras.

Confira a seguir os principais benefícios:

Reduz o colesterol 

Segundo estudo da Universidade de Ciências Médicas de Mashhad, no Irã, a alcachofra, por ser rica em antioxidantes, ajuda a reduzir os níveis de colesterol ruim (LDL) do organismo.

A planta também é fonte de cinarina, uma substância que auxilia na quebra de gorduras e, consequentemente, atua no combate ao colesterol alto.

Além disso, contém inulina, uma fibra solúvel que contribui para a eliminação de moléculas de gordura por meio das fezes.

Melhora a saúde do fígado 

A alcachofra ajuda a aumentar a produção da bile, remove toxinas prejudiciais ao fígado e protege o órgão contra várias complicações.

De acordo com um estudo iraniano realizado na Universidade de Ciências Médicas de Baqiyatallah, os antioxidantes presentes na alcachofra são os responsáveis por esses benefícios.

Na pesquisa foram avaliadas pessoas que sofriam de doença hepática e, após o tratamento com extrato de alcachofra, apresentaram melhora significativa no funcionamento do fígado.

Além de auxiliar na desintoxicação do fígado, a alcachofra contribui no tratamento de esteatose hepática (gordura no fígado).

Melhora a digestão

Um estudo alemão realizado na Universidade de Essen avaliou 247 pessoas que sofriam de indigestão.

Após o tratamento com extrato de folhas de alcachofra essas pessoas reduziram os sintomas de flatulência e obtiveram melhora na digestão.

De acordo com a pesquisa, isso foi possível devido à cinarina, um composto que acelera o movimento intestinal e melhora a digestão de gorduras.

Além disso, a planta contém taninos, substâncias que auxiliam no combate à intoxicações alimentares.

Por fim, a inulina, que é uma fibra presente na alcachofra, ajuda a proteger e melhorar a flora intestinal.

Previne o diabetes

A alcachofra é rica em fibras, como a inulina, e possui baixo índice glicêmico, por isso, ajuda a reduzir a glicemia.

Com a regulação dos níveis de glicose e insulina no sangue, a planta previne o diabetes.

Diminui a pressão arterial 

A alcachofra contém potássio, um mineral que auxilia na dilatação dos vasos sanguíneos, melhorando a circulação sanguínea e reduzindo a pressão alta.

O potássio também aumenta a produção de urina, eliminando, assim, o excesso de sódio do organismo, o que também auxilia no controle da pressão alta.

Além disso, os antioxidantes da planta combatem os radicais livres, evitando o estresse oxidativo, mantendo a saúde das artérias.

Melhora a saúde dos rins

A alcachofra contém lupeol, um antioxidante que auxilia na proteção dos rins.

Esse composto protege os rins da excreção de oxalatos, que são substâncias que podem causar cálculos renais.

Ajuda no emagrecimento

O chá de alcachofra estimula a bile e elimina o excesso de gordura através da urina.

Com isso, elimina também o excesso de líquido no organismo, favorecendo a perda de peso.

No entanto, para obter esses benefícios é necessário aliar o chá de alcachofra com uma rotina de exercícios físicos e uma alimentação balanceada.

Tem efeito anti-inflamatório e antioxidante

Os efeitos anti-inflamatórios e antioxidantes do chá de alcachofra protegem o organismo contra os danos causados pelos radicais livres.

Dessa forma, promove um metabolismo saudável e fortalece o sistema imunológico, prevenindo contra várias doenças.

Melhora a saúde da pele

Devido à vitamina C, quercetina, rutina e os antioxidantes, o chá de alcachofra ajuda a prevenir o envelhecimento precoce da pele.

Com isso, reduz os sinais da idade como as rugas, linhas de expressão e manchas na pele.

Chá de alcachofra

Este chá contém propriedades significativas para o nosso organismo e para nossa saúde.

Ingredientes:

  • 1 colher (chá) de folhas de alcachofra
  • 300 ml de água

Modo de preparo:

Ferva a água, desligue o fogo, adicione as folhas de alcachofra, mexa, tampe e deixe em infusão por 15 minutos.

Coe e consuma logo em seguida, sem nenhum tipo de adoçante, pois a alcachofra tem uma suave doçura natural.

A dose recomendada é de uma xícara duas a três vezes ao dia, preferencialmente 30 minutos das refeições principais.

Contraindicações e efeitos colaterais

Embora seja benéfico para a saúde, o chá de alcachofra possui algumas contraindicações.

Por isso, atente-se as seguintes situações:

  • Pessoas que sofrem de doenças renais, cálculos biliares e pedras nos rins;
  • Gestantes e lactantes, pois a bebida pode provocar a coagulação do leite;
  • Pacientes que usam anticoagulantes e antiplaquetários.

Já se consumido em excesso, o chá de alcachofra pode causar os seguintes efeitos colaterais:

  • Estimula a necessidade de urinar;
  • Flatulências e/ou diarreia;
  • Obstrui o canal biliar;
  • Aumento excessivo do fluxo da bile, podendo formar cálculos biliares;
  • Reações alérgicas como erupção cutânea, coceira, urticária, inchaço e dificuldades para respirar.

Comments

comments

Seja o primeiro a comentar

Deixar uma resposta