Mulher constrói casas feitas com garrafas pet para pessoas necessitadas em apenas 20 dias

Mulher constrói casas feitas com garrafas pet para pessoas necessitadas em apenas 20 dias

Empatia e sustentabilidade definem essa incrível ideia para dar um lar a pessoas necessitadas

Se você é adepto das soluções sustentáveis, pois tem consciência de que o planeta está acumulando todo o lixo gerado pelos humanos, vai adorar essa ideia. Como deve saber, as garrafas PET são um dos materiais mais utilizados na reciclagem e podem se transformar em todo tipo de coisa, até mesmo casas.

A advogada boliviana Ingrid Diez também sabe disso, e é uma pessoa preocupada não só com a sustentabilidade, mas também em ajudar pessoas que não tem onde viver. Ela então criou um projeto chamado Casas de Botellas, que tem o objetivo de reduzir os resíduos de forma eficiente, ou seja, ajudando os outros.

Para isso, Ingrid passou a utilizar não apenas as garrafas PET, mas também de vidro, além de cimento, areia, cal, sedimentos e resíduos orgânicos para concretizar o desejo de uma casa própria a vários necessitados.

A primeira casa erguida por Ingrid foi no ano 2000 e tinha 170 metros quadrados. Para esse projeto a advogada utilizou 36 mil garrafas PET. Atualmente o projeto foi aprimorado e, com a ajuda das pessoas que vão receber o imóvel, é possível erguê-lo em apenas 20 dias.

Como pode imaginar, um projeto como esse só poderia dar certo, pois envolve muitas pessoas cheias de boa vontade. Até agora Ingrid já ajudou a erguer mais de 300 casas sustentáveis.

O projeto de Ingrid já ajudou pessoas na Argentina, no Panamá, Uruguai, México e Bolívia. Em breve ela pretende também trazer a ideia para o Brasil, onde a reciclagem de materiais é bastante valorizada e há muitas pessoas precisando de um lar feito com amor.

Crédito das imagens: Arquivo Pessoal Ingrid Diez

Claudia

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: