Atenção aos sintomas da trombose venosa profunda: um coágulo de sangue pode ser fatal.

Neste exato momento, enquanto você lê esse artigo, o seu corpo está bombeando sangue pelas veias para chegar ao coração e depois regressar.

Quando isso não acontece, é porque houve uma coagulação do sangue, chamada de flebite ou trombose venosa profunda.

Qualquer pessoa pode ser afetada por essa enfermidade, que geralmente ocorre nas pernas. A formação do coágulo bloqueia o fluxo sanguíneo, o que causa dores e inchaço.

Alguns fatores potencializam a trombose. Por exemplo, quando a pessoa permanece muito tempo sentada ou deitada. Mulheres grávidas também podem sofrer com a condição, pois aumenta a pressão exercida sobre as veias da pélvis e das pernas

Além disso, alguns tratamentos médicos podem causar trombose, pois há um acúmulo de substâncias no organismo que facilitam a formação de coágulos.

Outros fatores colaboram com a doença, como a obesidade, o tabagismo, insuficiência cardíaca e infecções gastrointestinais.

Os principais sintomas da trombose são:

  • Inchaço da perna afetada
  • Dor aguda no local, que surge e vai embora do nada, podendo se tornar extrema em caminhadas ou prática esportiva
  • Fraqueza muscular
  • Calor, vermelhidão ou cor azulada na perna afetada

Em estágios mais avançados da doença, pode ocorrer:

  • Sudorese
  • Tosse seca
  • Dor e pressão no peito
  • Falta de ar ou fadiga
  • Aumento da temperatura corporal

Terapias e medicamentos alternativos também podem tratar a doença, mas o melhor de tudo é a prevenção.

Nesse artigo, selecionamos algumas atitudes que podem ser tomadas para evitar o problema

1. Beber bastante água

Beba pelo menos 2 litros de água por dia, pois a desidratação deixa o sangue mais grosso e dificulta a circulação.

2. Beber vinho tinto ou suco de uva

Estudos médicos constataram que substâncias flavonoides presentes nas uvas roxas ajudam na prevenção de coágulos de sangue. Por isso, os médicos sugerem uma taça de vinho tinto ou suco de uva nas refeições.

3. Comer alho regularmente

Nesse caso, é melhor consultar o médico para saber a quantidade que você pode consumir por dia.

4. Consumir a azeite de oliva virgem

Estudos constataram que os fenóis do azeite virgem podem ajudar na prevenção dos coágulos sanguíneos.

5. Comer kiwi

Uma dieta rica em vegetais e frutas é o ideal para a saúde cardiovascular. Estudos comprovaram que o kiwi tem propriedades que ajudam a evitar a obstrução sanguínea.

Antes de inciar qualquer tratamento, mesmo que seja natural, é melhor consultar sempre o seu médico.

Comments

comments

Seja o primeiro a comentar

Deixar uma resposta