De origem vegetal, esse pó verde tem mais proteína, ferro e cálcio do que a carne e o leite

O nome do pó é espirulina (ou spirulina) e é uma bactéria, conhecida como cianobactéria, ou seja, um organismo unicelular, capaz de realizar a fotossíntese.

Como a espirulina vive em colônias, com aparência semelhante a das algas, foi confundida durante muito tempo como se fosse uma alga.

Excelente fonte de proteínas, a espirulina pode ser usada como suplemento alimentar, já que é rica em proteínas, ferro, minerais, antioxidantes e vitaminas do complexo B.

Os benefícios são muitos. A espirulina ajuda a prevenir doenças cardíacas, como derrame, aterosclerose e infarto. Além disso, também ajuda a tratar a rinite alérgica, a diabetes e a ganhar massa muscular.

Entre as principais indicações, podemos dizer que a espirulina:

1. Melhora a disposição

Altamente proteica, fornece boas quantidades de energia para o corpo humano. Além disso, a espirulina tem efeito probiótico, ajudando a fortalecer as boas bactérias do organismo.

2. Auxilia no tratamento da anemia

Rica em ferro, a ingestão da espirulina ajuda na produção de hemoglobina, aumentando os seus níveis no sangue, e ajudando a combater a anemia. No entanto, nesse caso, o uso e a quantidade devem ser administrados com orientação de um médico ou nutricionista.

3. Diminuir triglicerídios e o colesterol “ruim” 

De caráter antioxidante, a espirulina diminui os níveis de gordura no sangue ao inibir a absorção do colesterol pelo intestino. Ela também reduz os triglicerídios, prevenindo doenças como derrame, aterosclerose e enfarte.

4. Previne e trata a diabetes

Por causa dos antioxidantes e das gorduras polinsaturadas presentes, a espirulina promove a redução dos níveis de glicemia no sangue, o que ajuda a prevenir a diabetes e também controlar os níveis de açúcar de quem já tem a doença;

5. Promove o ganho de massa muscular

A espirulina é rica em ácido γ-linolênico, uma gordura polinsaturada que melhora a força e a resistência, ajudando a ganhar massa muscular nos treinos, além de ser uma fonte de aminoácidos que auxiliam na manutenção e desenvolvimento dos músculos. Os antioxidantes contidos na espirulina ajudam na recuperação das fibras musculares depois da prática de exercícios físicos.

6. Alivia sintomas de rinite alérgica

A espirulina pode ser utilizada como tratamento complementar e natural para o alívio da rinite alérgica pela suas propriedades anti inflamatórias e estimulantes do sistema imunológico,  que melhoram a função dos anticorpos.

7. Ajuda a emagrecer

Fonte de proteínas e fibras, promove a saciedade e ajuda a reduzir o consumo de alimentos

Além disso, os pigmentos da espirulina também são benéficos à saúde: a ficocianina, de coloração azulada, ajuda a retardar o envelhecimento precoce; e a clorofila, pigmento verde, ajuda a eliminar as toxinas do organismo.

Segundo testes nutricionais, a assimilação digestiva da proteína da espirulina é quatro vezes melhor que a da carne.

Para os vegetarianos, que costumam ser deficientes em vitamina B12, a espirulina é muito útil, pois é rica nas vitaminas do complexo B (B1, B2 e B6 e B12), que combatem o cansaço físico e a fadiga.

Para você entender o poder da espirulina, deve-se ressaltar que ela possui:

  • 3 vezes mais proteínas que a carne
  • 31 vezes mais antioxidantes do que o mirtilo
  • 300% mais cálcio do que o leite
  • 375% mais proteínas do que o tofu
  • 2.300% mais ferro do que o espinafre
  • 3.900% mais betacaroteno do que a cenoura

Você encontra a espirulina em forma desidratada, em cápsulas, comprimidos ou pó, que pode ser adicionado a vitaminas e sucos.

Comments

comments

Seja o primeiro a comentar

Deixar uma resposta